Faça um Tour

Conheça os novos recursos disponíveis no Novo Portal da Dead.
Clique no botão abaixo para Iniciar o Tour!

Comitê Acompanhamento COVID

PROFESSOR DR. TALES BOGONI PALESTROU NO SEMINÁRIO REGIONAL UNIREDE

Coordenador do Curso de Sistemas de Informação DEAD/UNEMAT/UAB palestrou durante o Seminário Regional Unirede - Centro Oeste


20/05/2019 16:03:00
Por Unirede
Foto por: Unirede

“Qual a finalidade das novas tecnologias?”. Esta foi a indagação com a qual o professor Dr. Tales Bogoni, da Unemat, iniciou seus apontamentos sobre o ensino híbrido no Seminário Regional UniRede – Centro Oeste que foi realizado na manhã desta sexta-feira (17). Bogoni defende que o ensino híbrido não pode se resumir a troca dos aparelhos utilizados em sala, seja virtual ou não pois, “seria trocar seis por meia dúzia”.

Segundo Bogoni, estas novas tecnologias colaboram com a avanço da educação através da modalidade a distância. Surge, a partir disso, uma prática denominada de blended learning, que, de forma sintética, trata da convergência da educação presencial com a educação a distância. Trabalhar com Blended Learning depende da qualidade, profissionalização e desempenho de toda a comunidade acadêmica. Uma das aplicações práticas do blended learning está na utilização de ambientes virtuais de aprendizagem (AVA), softwares educacionais e aplicativos. O professor doutor Tales aborda que em 2004 a Unicamp desenvolveu a plataforma TelEduc e, em 2006 a Unemat, campus Colíder, utilizou a plataforma MOODLE pela primeira vez. Já a Unemat, campus Sinop, criou um aplicativo que dispõe online os materiais que seriam utilizados em sala de aula. Isto é a tecnologia trabalhando em conjunto com a educação.

Para ter a devida eficiência nas atividades desenvolvidas nestas novas tecnologias, é preciso que o aluno seja o foco e o professor passe a ser mediador, esta prática denomina-se metodologia ativa, comumente chamada de sala de aula invertida. Desta forma, foi percebido pela universidade que através de uma metodologia ativa há um aumento de até 90% no índice de aprendizagem. Trabalhar e expor o conhecimento de forma mais moderna com os estudantes e mostrando à eles as aplicações práticas do que está sendo estudado retém a atenção e facilita a compreensão.

Através de pesquisas e estudos de caso dentro da Unemat, o professor Tales pode perceber que os alunos são jovens e que é preciso estimulá-los aos desafios. Formado em Ciência da computação, Bogoni enxerga a utilização de novos métodos como uma porta aberta para a melhoria da EaD no estado de Mato Grosso e no Brasil, um destes métodos é a inclusão das técnicas do design thinking e da gamificação, assim como, o desenvolvimento das atividades em equipe.

Bogoni afirma que ao utilizar as técnicas do design thinking, que em resumo aborda ideias que facilitem a identificação de soluções eficazes para determinado problema, estimulam o aluno ao estudo pois as dificuldades serão solucionadas com praticidade. De forma simples o design thinking possui cinco processos básicos que são: O quê? Quem? Como? Quando? e Por quê?

Em entrevista concedida à UniRede, o professor Tales Bogoni foi perguntado sobre quais seriam as técnicas e os passos a serem seguidos para que haja uma melhoria no desenvolvimento dos materiais utilizados pelos alunos da modalidade a distância, qual seria o passo para que as equipes multimídias pudessem melhorar a confecção destes materiais. De forma clara e direta explicou que testes devem ser feitos, testes de usabilidade. Deve haver um feedback do aluno para a instituição já que “não é possível adivinhar as dificuldades do usuário mas é possível prevê-las”, afirma.


Galeria de fotos relacionado

Seminário Regional Unirede Centro – Oeste 2019





Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
Pró-Reitoria de Ensino de Graduação - PROEG
Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PRPPG
Diretoria de Gestão de Educação a Distância - DEAD
Universidade Aberta do Brasil - UAB

Desenvolvidor por: NTI/DEAD