Faça um Tour

Conheça os novos recursos disponíveis no Novo Portal da Dead.
Clique no botão abaixo para Iniciar o Tour!

PRÓ-REITORES DE GRADUAÇÃO DISCUTEM EXTENSÃO, EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E INTERNACIONALIZAÇÃO

Pró-reitores de Graduação discutem extensão, educação a distância e internacionalização


03/07/2017 08:22:00
Por Danielle Tavares

Pró-reitores de Graduação de universidades e centros universitários de sete estados brasileiros vão lançar a Carta de Cuiabá, documento com diretrizes para o desenvolvimento da Educação Superior do país. O Fórum de Pró-Reitores de Graduação da Região Centro-Oeste (ForGrad), ocorreu esta semana em Cuiabá (29 e 30/06), e reuniu mais de 90 representantes de IES, em discussões sobre o currículo no Ensino Superior.

O fórum teve três subtemas que orientaram as proposições: extensão, educação a distância e internacionalização. De acordo com Plano Nacional de Educação, os currículos dos cursos de graduação deverão passar a contar com até 20% de atividades desenvolvidas por meio das ferramentas de Educação a Distância, como a plataforma Moodle ou AVA e, ao mesmo tempo, destinar, no mínimo, 10% das atividades à extensão.

 “A gente tem que pensar currículos mais dinâmicos”, ponderou a coordenadora do ForGrad Centro-Oeste, Vera Maquêa, pró-reitora de Ensino de Graduação da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). Para ela, esses temas são os grandes desafios da Educação Superior, e precisam ser rediscutidos internamento nas instituições.

“Hoje, as palavras-chave são metodologias ativas, proatividade da formação e a perspectiva de transformar o aluno em protagonista do seu processo de construção de conhecimento. É um desafio para nós da Unemat, assim como para qualquer instituição do Brasil, independente da sua natureza jurídica, seja pública, privada ou confessional, todas têm a mesma preocupação”, avaliou Vera Maquêa.

Internacionalização- A política nacional mais conhecida de internacionalização universitária é o Ciência Sem Fronteira que, este ano, parou de oferecer bolsas na graduação. Em substituição, a Capes lançará o programa Língua sem Fronteira, ainda no mês de julho.

“A Unemat está formalizando ações com vistas a internacionalização e institucionalização de sua política de línguas”, disse a diretora da Faculdade de Educação e Linguagem, Elizabete Batista. Dentre as iniciativas, a reativação do Centro de Línguas e Linguagens e institucionalização de exames de proficiência.

O centro de idiomas vai ofertar línguas estrangeiras, principalmente o Inglês, mas também outras linguagens, com intérprete de libras. “Para colocar nossos alunos nessas ações de internacionalização, primeiro vamos prepará-los. O inglês é a língua internacional da ciência”, falou.

Encaminhamentos- A Carta de Cuiabá, com as principais proposições discutidas durante o Fórum de Pró-reitores de Graduação da Região Centro-Oeste, será encaminhada ao Forgrad Nacional e também ao Governo Federal, este nos aspectos que tangem a políticas de financiamento, como bolsas de iniciação científica e iniciação à cultura.

O ForGgrad Nacional, que reúne as cinco regionais do País, acontecerá nos dias 30 de agosto a 1º de novembro, em São Paulo, com a temática “Educação Superior Brasileira: compromisso com o ensino, a pesquisa e a extensão”.

Realização- O Forgrad Centro-Oeste foi realizado pela Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), com apoio da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMT). 





Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
Pró-Reitoria de Ensino de Graduação - PROEG
Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PRPPG
Diretoria de Gestão de Educação a Distância - DEAD
Universidade Aberta do Brasil - UAB

Desenvolvidor por: NTI/DEAD