Faça um Tour

Conheça os novos recursos disponíveis no Novo Portal da Dead.
Clique no botão abaixo para Iniciar o Tour!

UNEMAT PASSA A SER UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CARLOS ALBERTO REYS MALDONADO

Unemat passa a ser Universidade do Estado de Mato Grosso Carlos Alberto Reys Maldonado


17/01/2019 12:18:00
Por Hemilia Maia
Foto por: Moisés Bandeira (foto da Reitoria)

Chega ao fim o impasse do nome da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) que se estendia desde 2016. Os deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) derrubaram nesta terça-feira (15), por 15 a 2, o veto do ex-governador Pedro Taques, publicado no dia 20 de abril de 2018, que rejeitava a alteração do nome da Instituição para Universidade do Estado de Mato Grosso Carlos Alberto Reys Maldonado.

“A derrubada do veto é um reconhecimento da autonomia da Universidade em definir suas políticas e o reconhecimento do trabalho do professor Maldonado junto a Instituição e o Estado. Dar seu nome à Universidade que ele trabalhou para expandir e que hoje atende todo o estado de Mato Grosso é digno de sua atuação”, comentou o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin.

O Projeto de Lei Complementar Nº 03/2016 foi aprovado por unanimidade na ALMT em 21 de março de 2016. À época, o então governador justificou o veto por entender se tratar de vício formal, apresentado em flagrante ultraje ao princípio da separação dos Poderes, justificativa agora apreciada e não acatada pelo Legislativo.

A proposta de alteração do nome havia sido feita junto à ALMT em fevereiro de 2016 pelo então deputado estadual Adriano Silva, professor e ex-reitor da Unemat, para atender um anseio da comunidade acadêmica da Instituição. O desejo de homenagear Maldonado, que morreu às vésperas de completar 55 anos de idade, em 30 de janeiro de 2016, ficou registrado ao ser aprovada alteração do nome por representantes de todos os câmpus da Universidade durante o Conselho Universitário (Consuni) da Unemat, realizado em março do mesmo ano.

O ex-reitor Adriano Silva reforçou que Maldonado sonhou, formulou e implantou o projeto nos moldes multicâmpus adotados até hoje pela Unemat, e consideram o veto da ALMT como uma homenagem justa e honesta.

“A Assembleia Legislativa através dos seus deputados corrige um erro do ex-governador Pedro Taques em vetar nosso projeto de lei, derrubando o veto e promulgando”, afirmou Adriano Silva.

Maldonado ingressou na Instituição em 1986 como professor contratado. Depois, assumiu a função de coordenador da Fundação Centro de Ensino Superior de Cáceres (Fcesc) e, após a criação da Unemat, a função de reitor nomeado, sendo eleito em seguida para ocupar a função de reitor.

Professor de Ciências Sociais, formado pela Universidade de São Paulo (USP), atuou no curso de Direito do câmpus de Cáceres por mais de 30 anos. Maldonado esteve à frente da Fcesc de 1989 a 1993, momento em que a Instituição expandiu, por meio de câmpus, a outros municípios de Mato Grosso.

O primeiro reitor da Unemat ficou no cargo entre os anos de 1994 e 1996, quando renunciou para conduzir a Secretaria de Educação de Mato Grosso, nos anos de 1996 e 1997. Entre 2000 e 2004 foi secretário de Educação de Cuiabá e, na sequência, coordenou a Regional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Estado e a Consulta da Carta da Terra no Brasil.





Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
Pró-Reitoria de Ensino de Graduação - PROEG
Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PRPPG
Diretoria de Gestão de Educação a Distância - DEAD
Universidade Aberta do Brasil - UAB

Desenvolvidor por: NTI/DEAD